Heloiza Maria Zanella Goodrich   CREFITO 191 – 3 TO é terapeuta ocupacional formada pela USP (Universidade de São Paulo) em 1976. Desde essa época escolheu a área de neuropediatria para atuar. Iniciou a carreira trabalhando na APAE de São Paulo, onde ficou até 1980. Em 1981 prestou exame e foi aprovada para exercer a profissão nos EUA, recebendo então o título de OTR (Registered occupational therapist). Completou o mestrado em 1982, recebendo o título de Mestre em Artes (M.A.), pela University of Alabama em Birmingham. Durante esse período, fez também cursos de especialização, principalmente na área de integração sensorial. A tese de mestrado foi “Tendências Futuras em Terapia Ocupacional”. Ao voltar para o Brasil, em 1982, foi trabalhar em São José dos Campos. Nessa cidade abriu uma clínica em 1984 em conjunto com fisioterapeutas e fonoaudiólogas. Nessa clínica implementou terapias usando como abordagem a integração sensorial. Em 1988 passou seis meses na University of Illinois in Chicago, como “visiting scholar”. Durante esse período fêz especializações em integração sensorial e métodos de avaliação com a Dra. Anne Fisher; e em “brincar” com a Dra. Anita Bundy. Trabalhou em coletas de dados para pesquisas desses profissionais e para uma tese de mestrado. Trabalhou também em pesquisa bibliográfica para o Dr. Gary Kielhofner, que estava preparando um livro sobre modelo teórico para Terapia Ocupacional. Em 1992 mudou-se para os EUA. Lá, trabalhou no DEC (Developmental Evaluation Center) em New Bern, Carolina do Norte. Ocupou o cargo de terapeuta chefe. Em 1994 passou a trabalhar na clínica pediátrica da Vanderbilt University ; em 1995 passou a ocupar o cargo de coordenadora clínica da equipe de reabilitação em pediatria além de continuar a implementar terapias. Retornou ao Brasil e em 1999 passou a clinicar e dar cursos de introdução a integração sensorial. No ano de 2013 refez os cursos de integração sensorial em Curitiba, com as Dras. Zoe Mailloux e Suzanne Smith-Rolley. É sócia fundadora da TOI Terapia Ocupacional Infantil.

 

Maria Cristina de Oliveira, CREFITO 3 1202  também é terapeuta ocupacional formada pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) de Campinas em 1982. Iniciou sua carreira profissional na área de Saúde Mental/ Saúde Pública, prestando serviços na Secretaria Municipal de Saúde – SMS- PMS. Nesta época fez curso de especializações em Saúde Mental e Saúde Coletiva, sendo titulada em 1991 como especialista em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP). Em 1993, ingressou na Associação de Assistência a Criança Deficiente (AACD), e passou a atuar na área de neuropediatria no atendimento de crianças com PC, RDNPM, TCE entre outros diagnósticos. A partir de então fez vários cursos na área de reabilitação, tendo se especializado no Conceito Neuro Evolutivo Bobath e Baby Course. Em 1996, foi convidada para coordenação do Setor de Terapia Ocupacional Infantil, tendo participado da implementação deste serviço nas unidades de Recife, Porto Alegre e Uberlândia. Nestas unidades, atua, deste então, como responsável pela introdução das avaliações padronizadas na clínica de Terapia Ocupacional,dentre elas ,o Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade (PEDI), no qual recebeu treinamento das Dras. Wendy Coster e Marisa C. Mancini. Desde 1994, utiliza procedimentos de Integração Sensorial na paralisia cerebral. Fez treinamento com as Dras. Lívia Magalhães e Heloiza M. Z. Goodrich, e foi certificada em 2002 para aplicação do Sensory Integration and Práxis Tests (SIPT Certified Therapist) pela Sensory Integration International (SII). Em 2004, se licenciou do cargo de coordenação na AACD para realização de Mestrado em Ciências Médicas, pela Unicamp. Sua linha de pesquisa é sensibilidade, função motora e desempenho funcional. Autora de artigos e capítulos de livros na área de terapia ocupacional atua em consultório desde 2000 sendo que em 2003 passou a trabalhar na Clínica de Integração Sensorial de Heloiza Goodrich, com quem colabora nos cursos de especialização nesta área.